Telefone: (65) 3321-3665

Como a especialização em Comunicação Digital mudou a atuação e perceptivas profissionais da assessora Charlotte Vilela

Você, profissional de Jornalismo, Relações Públicas, Publicidade e Propaganda, Tecnologia da Informação e áreas afins, como tem se preparado para as novas exigências do mercado de Comunicação Digital?

Sabemos que as mudanças e evoluções nesse segmento ocorrem de forma veloz e, consequentemente, tem ampliado a demanda por profissionais atualizados, inovadores e com visão estratégica.

O grande desafio é integrar todos os recursos de mídia digitais disponíveis para elaborar um planejamento de comunicação eficaz e aplicável, de acordo as necessidades e objetivos do negócio, considerando as particularidades dos públicos a serem atingidos.

E para explorar o assunto, conversamos com a jornalista, assessora de imprensa e especialista em Comunicação Digital pelo Instituto de Pós-graduação e Graduação – IPOG, Charlotte Vilela.

Vamos lá?!

Experiência em Comunicação

Com mais de 20 anos de experiência na área de comunicação, Charlotte iniciou sua carreira como assistente de uma famosa colunista social, Daura Sabino, e também estagiou no jornal Opção, em Goiânia (GO).

Já em Brasília, trabalhou em agência de notícias e veículos como Jornal de Brasília, Revista Foco, Revista Hola, Jornal da Comunidade e Revista Caras, sendo nesta última sua experiência mais duradoura (cerca de oito anos).

Também teve a oportunidade de se desenvolver como colunista social e de variedades de publicações como revista Foco, BSB Agora, Fatorama, Desfrute Cultural, Aqui DF e Plano Brasília.

Em 2003, começou a trabalhar como assessora de comunicação, fundou a Tríplice Comunicação ao lado de duas sócias, onde ficou até 2008, abrindo a Donna Mídia Comunicação em seguida.

Mercado de Comunicação Digital

Para Charlotte, o mercado de comunicação digital é um mundo em construção, ebulição e transformação. Tudo ao mesmo tempo agora e numa velocidade estonteante.

“Para as gerações que se desenvolveram junto com o mundo digital, há um entrosamento quase “orgânico” com as tecnologias e ferramentas, o que já não acontece com a minha geração, que teve boa parte de sua educação assimilada ainda no mundo analógico”, analisa.

Ela costuma dizer que essa geração da qual faz parte tem uma vantagem: “transitamos entre o antes e o agora, conhecemos estas duas pontas, e isso é um diferencial a ser aproveitado a nosso favor”, comenta.

O seu cerne é a comunicação, e o desafio do moderno assessor de comunicação, de acordo com a sua experiência profissional, é travar a comunicação com o público de interesse onde quer que ele esteja.

Como escreveu em meu artigo científico sobre “Assessoria de imprensa com o advento das redes sociais”:

Persiste o desafio de saber de que forma se movimentar, com quem conversar, como chamar a atenção do interlocutor e que caminhos, ou atalhos, trilhar.”. Para isso, acompanhar o desenvolvimento do mundo digital é elementar. Acho que as oportunidades estão, sempre, em aprimorar aquilo que se faz de melhor, observar o mercado e estar sempre estudando. Vejo muita gente lá na frente, e muito mais gente ainda achando que sucesso na vida é ter like e milhões se seguidores. Ou seja, um monte de gente achando que mundo digital é rede social. Algumas coisas permanecem as mesmas e para muitas delas, quantidade nunca será melhor que qualidade.”

Como se destacar na área de Comunicação Digital?

As ideias interessantes, a criatividade, a possibilidade de interatividade com o público devem ser o ponto de partida, explica a especialista em comunicação.

A partir daí, torna-se fundamental apoiar-se na estratégia, nas ferramentas mais adequadas e acompanhar os resultados.

Sair da tela e conversar com as pessoas continua sendo imprescindível. As ações de comunicação e marketing são feitas para pessoas, precisamos entender sobre elas.

Charlotte comenta também sobre a importância da honestidade profissional:

Um dos motivos que me levaram a buscar uma especialização foi a quantidade de profissionais do mercado que falavam como especialistas sobre assuntos que desconheciam. Na dúvida é melhor indicar outro profissional ou buscar parcerias para a melhor execução do trabalho. Ninguém sabe tudo sobre todas as coisas, ainda mais no mundo digital onde certas coisas nem sabidas são”, diz.

 

Entendendo o novo para inovar

É preciso entender o novo cenário para inovar. “Venho trabalhando com assessoria de imprensa desde 2003 e percebi que, com o advento das mídias digitais, a atuação clássica da profissão já não era suficiente para atender às demandas do mercado”, comenta.

Para ela, a especialização em Comunicação Digital do IPOG foi fundamental para que pudesse se inteirar das inúmeras possibilidades de se adaptar a uma nova realidade profissional e se aprofundar em questões que só conhecia muito superficialmente.

“Havia a sensação de que o que eu oferecia poderia se tornar obsoleto se eu não incrementasse minhas habilidades”, relata.

Para ela, o apanhado de conhecimento apreendido tem sido aplicado no seu dia a dia de trabalho. “Percebi, nitidamente, o quanto a grade curricular complementou o aprendizado do meu curso superior de jornalismo e ampliou minha expertise na área de comunicação”, diz ela.

Segurança profissional

Charlotte reforça o quanto uma especialização contribui para ampliar a segurança profissional.

“Sinto-me mais apta para realizar um plano de comunicação completo, indo muito além da assessoria de imprensa que realizava antes. Na parte de consultoria, consigo indicar as melhores estratégias ao meu cliente, considerando suas necessidades.”

Suas perspectivas profissionais também aumentaram. Para 2019, ela destaca a parceria que possui com a GRV Música, Media e Entretenimento, cujo trabalho é focado na divulgação de artistas de Brasília e do Prêmio Profissionais da Música. São projetos que englobam planos de comunicação mais abrangentes e que podem ter um alcance nacional.

A GRV, conta Charlotte, atua com destaque na parte de Direito Autoral e distribuição digital de conteúdo musical para todo mundo e o projeto é disponibilizar para este público um pacote de possibilidades também na área de comunicação e gestão de talentos.

Paralelamente, a parceria da sua empresa com outra empresa pela qual admira vem crescendo, o que comprova o seu aprimoramento profissional aos olhos do mercado.

 

Gostou de conhecer a história profissional de Charlotte e também quer dar uma passo a frente na sua carreira? Conheça o MBA em Comunicação Digital e Narrativas do IPOG e saiba como essa especialização pode contribuir para o seu sucesso.

Compartilhe este post: