Telefone: (65) 3321-3665

Pós-graduação em Neuropsicologia: conheça as vantagens e benefícios

A maioria das pessoas conhece as vantagens e benefícios que uma pós-graduação pode agregar ao currículo. Porém, algumas áreas estão em maior ascensão do que outras, como é o caso da Pós-graduação em Neuropsicologia.

A Neuropsicologia ou Psicologia Neurológica é uma das mais recentes disciplinas na Psicologia e isso justifica a escassez de profissionais qualificados na área e sua importância para o mercado de trabalho.

Assim como já acontece com as áreas de Tecnologia, Gestão, Segurança do Trabalho e Engenharia, a Pós-graduação em Neuropsicologia é a aposta para uma das áreas mais procuradas por profissionais nos próximos anos.

A descoberta de alguns conceitos sobre o tema fez ressurgir a necessidade de compreender o funcionamento cerebral de forma especializada e técnica, gerando grandes demandas para alguns profissionais.

Com uma Pós-graduação em Neuropsicologia você pode expandir seu leque de possibilidades de atuação, além de ampliar o seu conhecimento e melhorar a sua imagem no mercado de trabalho.

Quer conhecer tudo sobre a Pós-graduação em Neuropsicologia, desde a área de atuação até o piso salarial?

Continue lendo este artigo e, até o final, garanto que não restarão mais dúvidas.

O que é Neuropsicologia?

Como vimos, a Neuropsicologia é uma área de formação jovem no campo da Psicologia.

Ela se desenvolveu com base nos estudos científicos sobre o funcionamento cerebral, identificando especialmente as alterações que afetam processos mentais específicos.

Antes de sua reformulação, a base dos estudos era fundamentada na Psicologia e Neurologia, com foco nas relações entre o cérebro e o comportamento humano.

Entretanto, cientistas descobriram que a delimitação dos temas acerca da Psicologia e Neurologia poderiam ser insuficientes para o avanço das pesquisas a respeito da organização cerebral.

Com ênfase na Neurociência Cognitiva, a Neuropsicologia está ligada às funções executivas superiores, sem deixar de lado áreas como: agressividade, sexualidade e impulsividade, que geralmente são abordagens fisiológicas e biológicas.

Dessa forma, podemos dizer que a Neuropsicologia atua na compreensão de como as lesões, malformações, alterações ou qualquer tipo de modificação genética afetam o sistema nervoso, produzindo variações no comportamento e na cognição humana.

Área de atuação do neuropsicólogo no Brasil

As principais áreas de atuação do neuropsicólogo são os consultórios, hospitais e clínicas médicas.

A Neuropsicologia Clínica é uma das áreas mais conhecidas no país. É nela que ocorre a identificação e o tratamento de lesões ou doenças que causam déficits cognitivos e psicológicos, geralmente relacionados ao cérebro.

A reabilitação de pacientes é a segunda área de atuação mais procurada entre os neuropsicólogos brasileiros, sendo uma modalidade que visa aplicar estratégias e exercícios para estimular a neurogênese e a reorganização sináptica neuronal em pacientes que apresentam déficits ou perda de funções cerebrais.

Esse trabalho, geralmente, é aplicado em clínicas especializadas em reabilitação neurológica e neuroplasticidade.

O terceiro campo de atuação para o neuropsicólogo é o acadêmico: atuando com a pesquisa científica e a licenciatura. Como vimos, a Pós-graduação em Neuropsicologia vêm crescendo demasiadamente, tanto nas modalidades latu quanto stricto sensu.

Na área de pesquisa, a Neuropsicologia Experimental analisa como o comportamento e a cognição humana são influenciados pelo funcionamento do cérebro.

Além disso, a área compartilha interesses com outras disciplinas e cursos, como a Medicina Preventiva, Neurologia Comportamental, Psicologia Cognitiva e Neuropsiquiatria.

O profissional de Neuropsicologia Experimental pode atuar em laboratórios de ensino e pesquisa em instituições, assim como consultores e co-desenvolvedores de softwares.

Quanto um neuropsicólogo ganha?

De acordo com o site Salário.com, um neuropsicólogo no Brasil ganha em média R$ 2.866,43, para uma jornada de 33 horas de trabalho semanais. Esses dados foram coletados pelo CAGED do MTE entre o período de fevereiro à setembro de 2018.

O piso e o teto salarial para um graduado em Neuropsicologia pode variar entre R$ 2.035,16 e R$ 6.233,78 para profissionais contratados com carteira assinada em regime CLT.

Hoje em dia, é cada vez mais comum encontrar neuropsicólogos que atuam como profissionais liberais, realizando avaliações neuropsicológicas em clínicas particulares.

Para se ter ideia dos saldos, a avaliação de uma criança, por exemplo, custa em média R$ 2 mil. Além disso, existe demanda para atendimento de adultos e idosos, principalmente, que chegam encaminhados por um médico neurologista ou geriatra.

Pós-graduação em Neuropsicologia: por que devo fazer?

O constante crescimento e desenvolvimento da área de Neuropsicologia, ocasiona uma demanda por profissionais habilitados e altamente qualificados disponíveis para atuar neste setor em expansão.

O campo de estudo é vasto e as áreas de atuação podem ser dividas em três grupos:

  • Neuropsicologia Clínica;
  • Reabilitação;
  • Pesquisa básica.

A Pós-graduação em Neuropsicologia busca qualificar profissionais com graduação em Psicologia, Educação e Medicina, com o objetivo de identificar e auxiliar na avaliação de crianças, adultos e idosos que possam apresentar diferentes tipos de quadro comportamental neurológico.

A especialização em Neuropsicologia permite ao profissional uma multidisciplinaridade na identificação e reabilitação de comportamentos neuropsicológicos.

Durante o curso, são oferecidas diferentes disciplinas para os alunos, como por exemplo:

  • Neuropsicologia: histórico e atualidades;
  • Neuroanatomia e Neurofisiologia do SNC – Sistema Nervoso Central;
  • Fundamentos da Psicometria ;
  • Desenvolvimento Integral do Potencial Humano I e II;
  • Neuropsicofarmacologia;
  • Avaliação neuropsicológica da inteligência, memória, atenção e funções executivas, desenvolvimento infantil, transtornos de aprendizagem, adulto e idoso, transtornos psiquiátricos e linguagem;
  • Neuropsicologia das Praxias;
  • Ética na Avaliação Neuropsicológica e elaboração de documentos;
  • Reabilitação e Intervenção Neuropsicológica I e II;
  • Instrumentos para Avaliação Neuropsicológica I e II;
  • Supervisão Clínica I, II e III.
  • Para conferir a formação curricular completa, basta acessar nosso site!

A qualificação do profissional formado nesta especialização atinge níveis de formação tanto teórico quanto prático, possibilitando desenvolvimento aprofundado de aprendizagem em diversas áreas de atuação.

A carga-horária das disciplinas e a grade curricular do curso podem variar de acordo com a instituição de ensino escolhida.

E aí, interessado em melhorar sua carreira com uma pós-graduação ou MBA? Então baixe gratuitamente o nosso Infográfico: 8 passos para fazer a sua pós-graduação! e confira dicas que vão te ajudar a extrair o máximo da sua especialização!

Conheça a Pós-graduação em Neuropsicologia do IPOG

Os alunos da Pós-graduação em Neuropsicologia do IPOG (Instituto de Pós-graduação e Graduação) são qualificados para obter uma visão crítica e conhecimento aprofundado sobre técnicas, instrumentos neuropsicológicos e avaliações comportamentais.

Além disso, é promovida a formação de profissionais com competência ética e técnica para avaliar pessoas, com consciência e responsabilidade profissional, capaz de colocar em prática os diferenciais técnicos do neuropsicólogo.

A coordenação do curso de Neuropsicologia está a cargo da profissional Poliana Giselle Landin Borges (CRP 09 / 5939), cuja formação contempla os títulos:

  • Mestre em Avaliação Psicológica pela Universidade São Francisco (USF-SP);
  • Pós-graduada em Gestão de Pessoas por Competência e Coaching pelo IPOG;
  • Pós-graduanda em Psicodrama pela SOGEP e
  • Graduada em Psicologia pela PUC/GO.

A Poliana Borges possui experiências profissionais em docência e coordenação de cursos de Pós-graduação do IPOG e ampla experiência na área de Gestão, com ênfase em Gestão de Pessoas.

O melhor de tudo é que o IPOG está presente em todo território nacional, permitindo também a especialização em Neuropsicologia em localidades próximas de você!

Conheça mais sobre o curso acessando o

Compartilhe este post: